Publicidade

Nesta sexta-feira, 10, a equipe de descontaminação da Guarda Municipal esteve na Câmara Municipal de Juiz de Fora, com a missão de higienizar o prédio, minimizando o risco de contágio dentro das suas instalações. O procedimento se deu como medida preventiva, uma vez que o órgão está fechado para acesso do público e as reuniões legislativas acontecem de forma remota.

Todos os andares do prédio anexo, onde se encontram os gabinetes dos vereadores, o plenário e áreas de circulação, como escadas, elevadores e corredores externos, passaram pela profilaxia. Os guardas municipais, treinados para a operação de descontaminação, aplicaram solução de quaternário de amônio diluído em água, pulverizado com uso de bomba atomizadora. O produto é largamente utilizado em ambiente hospitalar.

Desde abril, integrantes da Guarda Municipal foram habilitados para esta atividade, em capacitação oferecida pelo Exército. O curso, conduzido pela Escola de Instrução Especializada (EsIE), organização militar treinada para ocorrências que envolvem armas químicas, biológicas, radiológicas, nucleares e no controle de seus efeitos, teve participação de servidores do Departamento Municipal de Limpeza Urbana (Demlurb), Secretaria de Desenvolvimento Sócia (SDS) da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF) e Defesa Civil.

Semanalmente, o protocolo de descontaminação é realizado na sede da Guarda Municipal, como medida de proteção das equipes que circulam, todos os dias, pelas dependências da unidade. O trabalho passou a ser feito em outras estruturas, mediante fornecimento de insumos para sua realização e agendamento junto ao comando da corporação.

Publicidade

Foto: Divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui