Publicidade

O Brasil fará parte de uma iniciativa internacional de compartilhamento de tecnologia e conhecimento para o desenvolvimento de vacinas, testes e tratamentos da Covid-19, informou o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo.  Essa cooperação entre diversos países foi idealizada pela Costa Rica e será coordenada pela Organização Mundial da Saúde (OMS). 

O objetivo do projeto, que conta com a adesão de 44 países e diversas instituições internacionais, é acelerar a descoberta de imunizantes, medicamentos e outras tecnologias de combate ao novo coronavírus e garantir que esses produtos sejam acessíveis. O acordo internacional prevê o compartilhamento de sequências genéticas e de resultados de ensaios clínicos relacionados à doença. 

O Ministério das Relações Exteriores afirma que a pasta já atua, por exemplo, como intermediadora em importações de Equipamentos Médicos Hospitalares (EPIs) e no recebimento de doações de remédios. 
 

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui