Publicidade

A última semana foi bastante tensa para o governo de minas, em relação ao aumento rápido e expressivo em relação ao número de mortes e casos da COVID-19, o que fez o governador do estado, Romeu Zema (Novo), a fazer um apelo à população no início da noite deste sábado (20), por meio de suas redes sociais.

Nesta sábado, Minas Gerais tinha 27.305 casos positivos, chegando a 636 mortes causadas pelo coronavírus e ainda uma ocupação de 88% dos leitos de UTI. Diante disso, com o intuito de barras o avanço da doença, principalmente no interior, Zema anunciou que nos próximos dias haverá medidas mais duras no isolamento social.

Pelo twitter, em vídeo, Zema disse “Medidas mais duras vão se fazer necessárias no estado. Por isso, eu continuo pedindo: é necessário manter o isolamento àqueles que podem. Fiquem em casa. Aqueles que precisar trabalhar, que façam uso de todas as medidas possíveis para a sua segurança e dos outros também. Distanciamento, o uso de máscaras e também as medidas de higienização. Não podemos facilitar com esse inimigo invisível e imprevisível. Já nos estruturamos bem. Hoje temos mais UTI’s, já adquirimos respiradores, mas o número dos últimos dias está nos assustando”.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui