Publicidade

A Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD) de Uberlândia recebeu 600 máscaras para entregar aos pequenos que fazem uso das terapias oferecidas pela instituição. A doação foi feita no dia 20 de maio pelo Sindicato das Indústrias do Vestuário local (Sindivestu), após uma semana intensa de trabalho.
 
Por ser considerada essencial na qualidade de vida dessas crianças, a AACD continuou funcionando nesse período de isolamento social. “Na AACD, o profissional da saúde precisa usar mais de uma máscara por dia. Mesmo sendo de tecido e laváveis as que eles já usam, não dá para lavar e secar no mesmo dia, então eles precisam de muitas. Por isso disponibilizamos as máscaras para os profissionais, pais e pacientes em tratamento”, detalha a presidente do Sindivestu, Alessiane Batoni.
 
As máscaras de tecido doadas foram produzidas por empresas associadas ao sindicato patronal. A expectativa é que sejam feitas, em breve, mais doações desse tipo à AACD e a outras instituições, além de centros de saúde.
 

 
Segundo Alessiane, a cidade mineira é referência em moda e alta costura. Mas por conta da pandemia, muitas empresas do ramo tiveram que fechar as portas e sobrevivem hoje da confecção de equipamentos de proteção individual (EPIs). “As empresas estão tentando sobreviver disso, porque 90% são de moda e festa. Como esses eventos estão parados e proibidos, esse ramo também parou”, conta.
 
Hoje, a presidente do Sindivestu não consegue mensurar a quantidade de EPIs produzidos pelas indústrias de vestuário, porque Uberlândia está concentrada em ajudar hospitais e instituições e a produção não para. “Qualquer número que eu disser agora não seria realista”, avisa Alessiane.
 
O Sindivestu também tem confeccionado aventais e outros equipamentos de proteção individual para profissionais de saúde da cidade por meio do Projeto Juntos por Uberlândia.
 
Inclusive, o sindicato já está recolhendo materiais das empresas para realizar novas entregas. Os interessados em doar tecidos, linhas, TNT e elásticos, por exemplo, podem entrar em contato no (34) 9 9951 2298.
 

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui