Publicidade

Publicado em 25/06/2020 – 06:55 Por Babak Dehghanpisheh – Repórter da Reuters – Teerã

O número de mortos pela covid-19 no Irã se aproximou de 10 mil após mais 133 novos óbitos registrados nas últimas 24 horas, informou o Ministério da Saúde iraniano. Isso confirma a reversão de uma queda das cifras diárias à medida que o país relaxa as medidas de isolamento.

Houve 2.531 novas infecções pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas, o que eleva o total de casos a 212.501, e o de mortes a 9.996, disse o ministério nessa quarta-feira (24).

Pela primeira vez em dois meses, o número diário de mortes passou de 100 com frequência na última semana, mostrando um aumento acentuado de infecções novas desde que as restrições à circulação começaram a ser suspensas em meados de abril.

Publicidade

Autoridades de alto escalão vêm alertando que as restrições serão retomadas se os regulamentos de saúde impostos para conter uma disparada de casos, como o distanciamento social, não forem observados.

Como sinal de preocupação, a agência de notícias oficial Irna informou que a principal congregação para as orações de sexta-feira não será retomada na capital Teerã nesta semana, ao contrário do que fora anunciado na semana passada.

A televisão estatal exibiu imagens de uma ala hospitalar exclusiva para pacientes de covid-19, mostrando um paciente com tosse e uma enfermeira que alertava os iranianos a tomar as precauções necessárias.

No sábado (20), o presidente Hassan Rouhani disse que o governo cogita tornar o uso de máscaras obrigatório em locais públicos e cobertos devido ao aumento do número de infecções confirmadas.

O Irã é o país do Oriente Médio mais atingido pela pandemia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui