Publicidade

Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DER-MG) vai iniciar, em breve, três obras na região da Zona da Mata e Vertentes. Elas fazem parte de um pacote, anunciado pelo governador Romeu Zema, na terça-feira (25/8), que inclui outras cinco ações em infraestrutura em diversas regiões do estado.

“Nos últimos meses temos trabalhado incansavelmente para combater o coronavírus.  Sabemos que muitos empregos foram perdidos e a atividade econômica sofreu muito. Por esse motivo estamos lançando esse pacote de obras, com investimentos de mais de R$ 100 milhões”, disse o governador Romeu Zema.

Uma das obras é a pavimentação da MG-135, trecho entre Bias Fortes e Antônio Carlos, com 19 quilômetros de extensão. A intervenção vai receber um investimento de cerca de R$ 17,4 milhões, financiados pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Benefícios

Publicidade

“O município de Bias Fortes é um dos últimos de Minas Gerais que ainda não contam com acesso pavimentado, então é uma grande alegria anunciar essa obra, que vai trazer muitos benefícios para a população local e diminuirá o tempo de percurso entre as duas cidades”, destaca o secretário de Infraestrutura e Mobilidade, Fernando Marcato.

A pavimentação, entre os municípios de Antônio Carlos e Bias Fortes, traz um forte impacto econômico para as regiões das Vertentes e Zona da Mata, por integrar os circuitos turísticos da Trilha dos Inconfidentes e da Serra de Ibitipoca.

Na Trilha dos Inconfidentes o viajante pode visitar cidades históricas como Tiradentes, São João del-Rei, Rezende Costa, Prados e Lagoa Dourada. Já o turista que quer se aventurar por caminhadas repletas de cachoeiras, grutas e paisagens de perder o fôlego, o Parque Estadual de Ibitipoca é uma ótima opção.

A pavimentação do trecho facilitará, ainda, a ligação dos municípios à cidade de Barbacena, considerada uma das mais importantes da região.

Cataguases

Outra obra que será iniciada pelo DER-MG é a pavimentação do Contorno de Cataguases, na região da Zona da Mata. As obras, em 6,4 quilômetros, receberão investimento de aproximadamente R$ 16 milhões, financiados pelo BNDES.

“Esse contorno vai beneficiar muito o escoamento de produção de diversas empresas que estão instaladas no município, além de possibilitar a operação da nova rodoviária”, explica o secretário de Infraestrutura e Mobilidade, Fernando Marcato.

O Contorno de Cataguases permitirá o acesso da cidade à BR-120, via bairro Taquara Preta, beneficiando diversas indústrias e empresas do setor metalúrgico, elétrico e de tecelagem, que fabricam algodão hidrófilo, produto que é muito usado no Brasil e também é exportado para vários países.

Goianá

A conclusão da ligação da MG-353 com a BR-040, em Goianá, é outra intervenção que terá início em breve. As obras do DER-MG receberão investimentos de cerca de R$ 2,7 milhões, financiados pelo BNDES. 

Segurança e escoamento

“Quem se desloca para o Aeroporto Regional da Zona da Mata, em Goianá, vai usufruir dessa intervenção, que retira o tráfego da região central de Juiz de Fora, oferecendo mais segurança a todos”, destaca o secretário de Infraestrutura e Mobilidade, Fernando Marcato.

Além disso, a conclusão da obra proporcionará, ainda, mais facilidade para o escoamento das indústrias instaladas na região, como a moveleira localizada em cidades como Ubá e Rio Pomba. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui