Publicidade

Ontem, 21, os motoristas e cobradores de ônibus de Juiz de Fora, principalmente funcionários da empresa GIL, iniciaram uma paralisação de suas atividades, paralisando assim todo o sistema de transporte público da cidade de Juiz de Fora.

A principal reclamação por partes dos grevistas, é o não recebimento de alguns benefícios, como do Ticket Alimentação e Cestas Básicas.

No período da tarde, uma liminar foi emitida pelo TR3, obrigando o reinicio das atividades em até 2 horas. Essa liminar previa uma multa de 5 mil reais por cada hora parada do transporte público.

Até o momento, os cobradores continuam parados, alegando que só retornam as atividades após o recebimentos dos benefícios atrasados.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui