Publicidade

ASCOM-PCMG

Na segunda-feira (22), uma ação conjunta realizada por policiais civis de Minas Gerais e do Rio de Janeiro culminou na prisão de um foragido da Justiça, 30 anos, na cidade de Cabo Frio, na Região dos Lagos. Havia um mandado de prisão em aberto contra ele, suspeito de praticar um crime de homicídio, ocorrido em maio de 2018, no município Juiz de Fora. Além disso, também foi cumprido mandado de prisão em desfavor do homem, em virtude de sentença condenatória.

A prisão foi efetuada no Bairro Braga, após monitoramento realizado por agentes dos setores de Inteligência do 4º Departamento de Polícia Civil em Juiz de Fora, da PCMG, e da Delegacia Especializada em Armas, Munições e Explosivos da Polícia Civil (Desarme), da PCERJ. As diligências foram coordenadas pelo titular da Delegacia Especializada de Homicídios em Juiz de Fora e Coordenador da Agência de Inteligência Policial do 4º Departamento, Rodrigo Ribeiro Rolli, e pelo Delegado Rodrigo Coelho, que atua na Desarme.

De acordo com o Delegado Rodrigo Rolli, em uma nova etapa, a Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada de Homicídios, está “buscando autores que se encontram foragidos em outros estados, não só na cidade de Juiz de Fora”, informou, destacando que a PCMG tem se empenhado, a cada dia, no aperfeiçoamento do trabalho. “Para que possamos dar respostas efetivas, que a sociedade merece”, enfatizou.

Publicidade

Durante coletiva, o Delegado Regional de Juiz de Fora, Armando Avolio Neto, também ressaltou que essa foi mais uma operação conjunta bem-sucedida. “Isso prova também que a PCMG não possui divisas. Retiramos de circulação mais um autor de homicídio em Juiz de Fora”, disse, reforçando que a Polícia Civil segue atuante a fim de manter a paz social na cidade.

Já o Chefe do 4º Departamento de Juiz de Fora, Gustavo Adélio Lara Ferreira, aproveitou a oportunidade para parabenizar a atuação das equipes da Delegacia Especializada de Homicídios e da Agência de Inteligência do 4º Departamento, sob a coordenação do Delegado Rodrigo Rolli; do Delegado Regional de Juiz de Fora e da Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro. “Bem como para agradecer o Poder Judiciário de Minas Gerais, na pessoa do Dr. Paulo Tristão, e o Dr. Helvio Simões, representando o Ministério Público”, disse, concluindo que a Polícia Civil de Minas Gerais, no âmbito do 4º Departamento, continua trabalhando incessantemente em prol da segurança do cidadão de bem.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui