Publicidade

Juiz de Fora recebeu a visita de representante de indústrias, empresas e serviços relacionados à produção de cerveja na República Tcheca. A presença do diretor da Bragente, Patrik Kohout, é desdobramento da missão da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF) e de componentes do setor cervejeiro da cidade ao Consulado-Geral da República Tcheca, em setembro de 2019. O objetivo da visita, que também aconteceu em Belo Horizonte e Viçosa, foi conhecer de perto e entender realidade e necessidades das cervejarias brasileiras.

Entre as possibilidades identificadas por Patrik está a importação de matéria-prima da República Tcheca, principalmente para pequenos produtores, diminuindo os custos de produção: “Foi muito interessante aprender mais sobre as cervejarias e cervejeiros de Juiz de Fora, as condições que possuem para produzir e vender cerveja e como se adaptam à nova realidade. Importante saber os desafios que enfrentam e onde podemos colaborar, para que possam importar matérias-primas da República Tcheca e estreitar caminhos, principalmente as pequenas cervejarias. Agora, confirmado o interesse, vamos analisar a possibilidade de consolidar os pedidos e propor que os pequenos comprem pelos mesmos valores que os cervejeiros maiores, para que os produtos cheguem às cervejar ias com preço competitivo”.

Outro potencial identificado pelo diretor está em trazer ao Brasil conhecimento, receitas e experiências dos mestres cervejeiros tchecos, com a realização de eventos e workshops: “A cooperação, em nível acadêmico, entre universidades do Brasil e República Tcheca, também é uma possibilidade para graduação em universidades tchecas, que iremos analisar”. A participação das cervejas brasileiras em um dos mais importantes concursos cervejeiros do mundo também está entre os planos.

“Neste ano, pela primeira vez, tivemos a participação de cervejeiros brasileiros no concurso. Uma delas, de Betim, premiada como uma das melhores IPAs (India pale ale, tipo de cerveja) do mundo. Os cervejeiros brasileiros têm potencial grande, principalmente as cervejas especiais, de se posicionar nesse concurso”, avaliou Patrick. A visita foi conduzida pelo assessor da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Agropecuária (Sedeta), Marcos Henrique Miranda: “Foi extremamente proveitosa, pela troca de experiências e por trazer um horizonte de melhoria nos processos e diminuição dos custos de produção da cerveja de Juiz de Fora, fortalecendo, assim, o posicionamento da cidade como polo de excelência cervejeiro no estado de Minas Gerais”.

Publicidade

Os encontros, nos dias 21,22 e 25 de setembro, tiveram a participação das cervejarias Barbante, São Bartolomeu, Gavioli, Escola Mirante, Golen, Antuérpia, Mr. Tugas, Sr. Müller, Soviet, Timboo, Freiheit, HankzBier.

Foto: Divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui