Publicidade

A Agência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon/JF) da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF) divulgou levantamento das empresas registradas com o maior número de reclamações durante os primeiros seis meses deste ano. Devido à pandemia do vírus covid-19, duas listas estão sendo apresentadas: uma referente ao atendimento presencial, no período de 1º de janeiro a 18 de março (antes da paralisação das atividades), e outra apontando os atendimentos registrados no site consumidor.gov.br, relacionados ao primeiro semestre.

Nos três primeiros meses, as empresas mais reclamadas foram Telemar Norte e Leste S/A, com 840 queixas, seguida de E Show Produções Ltda, com 357, e Tim Celular S/A, 254. No atendimento semestral, pelo site, as empresas de telefonia ganharam as três primeiras posições: com 14,23% do total de reclamações, a Oi atingiu o primeiro lugar; com 8,35%, a Claro ficou em segundo; e a terceira posição foi da Tim/Intelig, com 8,29%.

A Companhia Energética de Minas Gerais S.A. (Cemig) teve 136 reclamações no primeiro trimestre, e no período semestral, pelo site, 381.

Esta pesquisa é feita em cumprimento à Lei 13.452, de 19 de outubro de 2016. O ranking das dez empresas mais reclamadas pode ser acessado no site da PJF através do link: pjf.mg.gov.br/procon/reclamacoes_fundamentadas/ranking.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui