Publicidade

No final de abril, o Município firmou parceria com a Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), para realização de testes descartando ou confirmando casos de covid-19 na cidade. Desde então, o Departamento de Vigilância Epidemiológica e Ambiental (Dvea) já recebeu 1.212 resultados, sendo 250 positivos.

O público elegível para realização dos testes são profissionais de saúde sintomático, entre o terceiro e o décimo dia de sintomas; todos os pacientes internados em “leitos covid”, pactuados com o Município; os atendidos na atenção básica, em situação de vulnerabilidade (acima de 65 anos, cuidadores de idosos, diabéticos, hipertensos descompensados e obesos); e servidores da segurança pública, Departamento Municipal de Limpeza Urbana (Demlurb) e Companhia de Saneamento Municipal (Cesama).

O material é coletado por quatro equipes, fruto da parceria da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF) e UFJF, e transportado nas condições adequadas para os dois laboratórios, sendo um no Instituto de Ciências Biológicas e outro na Faculdade de Farmácia. Ambos passaram por inspeção da Vigilância Sanitária e foram devidamente credenciados, recebendo alvará para funcionamento e efetuação dos testes.

Segundo boletim com perfil epidemiológico do casos confirmados de Covid-19 em Juiz de Fora:
– Das 884 pessoas que testaram positivo, 470 são mulheres e 414 homens.

Em relação à faixa etária:
– três casos em bebês com até um ano (0,41%)
– 18 em crianças de um a nove anos (2,03%)
– 16 em adolescentes de 10 a 19 anos (1,80%)
– 141 em jovens com 20 a 29 anos (15,95%)
– 232 em adultos com 30 a 39 anos (26,24%)
– 174 entre 40 e 49 anos (19,68%)
– 136 entre 50 e 59 anos (15,38%)
– 164 idosos (18,55%)

Em relação à região:
– dez bairros em Juiz de Fora apresentam maior número de casos confirmados. São eles:
– Centro – 72
– São Mateus – 46
– São Pedro – 32
– Bom Pastor – 22
– Alto dos Passos – 22
– Santa Helena – 18
– Cascatinha – 15
– Granville – 14
– Santa Luzia – 13
– Estrela Sul – 13

Para esse informativo foram levantados números absolutos, o que significa que o dado não é baseado em incidência, quando é levado em consideração, por exemplo, o número de residentes de determinada área.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui